Nucleus

Descrição

A mais recente novidade da SSL é um elegante controlador e concentrador de fontes de áudio analógicas orientado para estúdios de projeto onde não existe um grande console de mixagem e se trabalha sobretudo em computador. O novo SSL Nucleus é uma superfície de controle DAW avançada, uma interface de áudio USB de qualidade, com uma seção de áudio e pré-amplificadores da linha SuperAnalogue, de forma a oferecer entradas de qualidade e uma seção de monitoração adequada. Além disso, o Nucleus vem acompanhado de um pacote de plug-ins do sistema de processamento SSL Duende.

 

Funções de controle DAW avançadas é algo que o mercado reconhece já dos consoles Matrix e AWS900 da SSL, sendo que habitualmente a marca deixa a conversão A/D e D/A, circuitos de pré-amplificação e interfaces com computador separados dos consoles, na sua linha de módulos XLogic, por exemplo. Pois aqui a ideia foi precisamente criar um produto que combina todas estas funcionalidades numa solução completa, incluindo circuitos analógicos SuperAnalogue e processamento Duende, criando um "concentrador" de sinais externos para o computador.

Conforme a própria SSL descreve, o Nucleus é a combinação perfeita entre um controlador de estações de trabalho e um sistema de áudio topo de linha da marca. A ideia é que o Nucleus redefina as funcionalidades num estúdio de projeto, combinando uma superfície de controle DAW, monitoração transparente, pré-amplificadores analógicos de alta qualidade, uma interface USB e processamento através dos plug-ins SSL Duende integrados.

Como superfície de controle o Nucleus é um emulador de sistema HUI e MCU, compatível com sistema ProTools, Logic, Cubase/Nuendo e outras aplicações DAW. O Nucleus conecta-se ao computador pelo mesmo tipo de ligação Ethernet de alta velocidade que a SSL já usava na Matrix e AWS para controle de sistemas DAW.

Desta forma, talvez seja justo afirmar, tal como a SSL faz que, "não existe nada igual para um produtor, músico ou técnico de som, reunindo todos estes elementos, com um desempenho de áudio de referência e com uma ergonomia tão elegante. Não só o Nucleus tem um grande valor por si só, como estes elementos comprados separadamente custariam muito mais e não iriam proporcionar uma solução tão elegante".

Em termos físicos, o Nucleus é um sistema desktop compacto que permite criar uma superfície confortável para trabalhar, eficiente pela forma como se controla o computador e a nossa aplicação de gravação/edição favorita e, ao mesmo tempo, constitui uma solução única de alta qualidade por onde podemos passar todos os sinais de e para o computador. O desenho desta superfície está pensado como um ambiente táctil que traduz as operações mais comuns das estações de trabalho e do software para produção de música ou pós-produção para cinema/televisão, sempre sem termos que mexer no mouse do computador.

Em termos de conexões, está lá tudo o que é necessário para gravar e monitorar áudio, constituindo uma extensão da própria interface de áudio e computador que nos permite "trabalhar" o som e não lidar com software. Melhor ainda, é até mesmo possível comutar entre 3 sistemas DAW conectados ao Nucleus, pressionando simplesmente uma tecla.

Olhando melhor para as especificações, temos uma superfície de controle com dois bancos de 8 canais de cada lado de uma seção master central, todas com faders motorizados de 100mm sensíveis ao toque, etiquetas digitais com V-Pots assináveis e teclas de função configurável. Temos também várias teclas de função customizáveis segundo o mapeamento do software com que se trabalha, grandes teclas de transporte e uma roda jog/shuttle, assim como uma ligação jack 1/4” para pedal de comutação (que nos permite, por exemplo, começar a gravar ou parar, quando estamos com uma guitarra na mão ou com as duas mãos no teclado - exatamente como se trabalha num estúdio de projeto). A este painel podemos associar um excelente feedback visual através de teclas iluminadas, indicadores LED e medidores de nível de sinal áudio de retorno do sistema DAW. Temos também acesso a um navegador Remote Logictivity Browser para configuração dos mapeamentos da superfície e memorização dos nossos próprios parâmetros, tal e qual como nos sistemas Matrix e XLogic, juntamente com um slot de cartões SD onde podemos armazenar as configurações de cada projeto e quatro portas USB para usar como hub adicional em conexão ao computador.

Esta será a parte de controle porque, dentro do SSL Nucleus, temos um verdadeiro sistema de mixagem de áudio com canais de saída SuperAnalogue com conexões independentes a +4dBu e -10dBV, uma interface USB de alta qualidade para gravação e playback estéreo (2+2), duas entradas combi XLR para níveis de sinal de instrumento, microfone e linha diretas à interface, com saídas de monitores diretas para escuta sem latência, entradas/saídas digitais S/PDIF com acesso aos conversores do interface; potenciômetro de mixagem wet/dry entre os sinais que enviamos para o computador e o retorno que obtemos do mesmo; pré-amplificadores de microfone SSL SuperAnalogue idênticos aos das mesas SSL Duality e AWS, ambos com filtros passa alto de 80Hz; inversão de fase e alimentação phantom; conexões de insert, com envio e retorno comutáveis entre as entradas e a reprodução do sistemas DAW; uma entrada externa adicional SuperAnalogue para conectarmos outra interface de áudio e duas saídas de fones de ouvido. Toque de requinte, temos ainda uma entrada de monitor iJack que, como é óbvio, está prevista como uma forma rápida de se conectar um iPod ou um iPhone, o que cada vez mais acontece em estúdio.

Com tudo isto, estamos certos que o mercado irá receber de braços abertos esta proposta da SSL. Mas aparentemente a marca inglesa decidiu jogar mais um trunfo e juntou ao Nucleus um pacote de plug-ins Duende Native Essentials Bundle. Este pacote inclui as versões Duende Native dos plug-ins de processamento SSL Channel EQ & Dynamics e Stereo Bus Compressor em formato VST/AU/RTAS. O primeiro, EQ & Dynamics Channel, emula uma fatia de uma mesa SSL analógica clássica com quatro bandas de equalização paramétrica, Compressor/Expander/Gate, bem como filtros passa alto e passa baixo. O Duende Native Bus Compressor reproduz o som de um compressor estéreo da SSL, tal como existente nas mesas de mixagem G Series dos anos 80, agora em formato plug-in.


RSS FeedsYoutubeTwitter


Just Pro Audio © Copyright - 2009 - Todos os direitos reservados


E-mail: info@justproaudio.com